sexta-feira, 16 de abril de 2010

Quero me esconder, mas não vou...

É assim que me sinto nua:E é assim que me sinto vestida:

Duro, não?

Ninguém deveria ter que passar por tanta humilhação para comprar roupas. Como se não bastasse ver os números das peças nas alturas (e os preços também!!) ainda temos que aguentar os olhares atravessados e os comentários cochichados do tipo: "Caramba, olha o tamanho dela!", ou "Será que ela não tá vendo que essa roupa não vai caber nela?", ou o pior deles "Coitada...". Como se a gente já não se sentisse super mal de estar acima do peso! Fico uma fera com isso! E ao mesmo tempo me entristece ver que eu não precisava estar passando por isso. Há 3 anos eu estava no auge da minha boa forma, linda, leve e faceira. Parece até que foi praga eu ter engordado tanto. Praga de alguma mulherzinha desocupada e incomodada com meu Ibope. Sim, porque é, definitivamente, coisa de mulher rogar praga nos outros!!!
Nessas horas tenho vontade de me esconder e só sair do esconderijo quando chegasse a um peso suportável. Mas sei que isso não é possível, tenho filha na escola, marido pra cuidar. Não posso me dar ao luxo de sucumbir ao desespero e fugir da civilização. Preciso ir em frente. Fazer o quê?
Continuo firme tomando a ração com iogurte no almoço e tenho jantado pouco. Ontem fraquejei diante de um saquinho de biscoito casadinho de doce de leite e comi alguns. Não devia, eu sei, mas comi assim mesmo.
Às vezes sonho que estou magra. Acordo tão feliz, sob o efeito do sonho ainda, pensando que de repente não foi sonho e eu realmente emagreci, pulei toda essa fase de dieta e fui logo pro resultado. Mas quando levanto da cama e os joelhos doem, os calcanhares doem, a barriga pesa e as dobrinhas coçam, vejo que o sonho ainda está distante de se realizar. Ainda sou o boneco da Michelin.

P.S.: Gente, deixa só eu esclarecer que não estou deprê. Só exteriorizei aqui uma frustração recente que achei que valia à pena botar pra fora. Agora relendo a postagem percebi que pareceu meio triste demais esse texto. Mas não é assim que ele é para ser interpretado, tá? Quero que saibam que levo numa boa.
Em tempo: Adorei as dicas que já me foram dadas e vou tentar seguí-las pra melhorar ainda mais meu astral. Vcs são lindas!

4 comentários:

♫Luana♪ disse...

é triste se sentir assim, eu sei, mas enquanto vc não começar a se gostar mais (falando de aparência mesmo), tipo, aceitar a sua situação atual e largar um belo "foda-se" pra quem cochicha a seu respeito, começar a se arrumar o melhor possível e se sentir bonita...não vai ter bons resultados, pq vc está colocando seu foco na sua situação atual e não no resultado, enquanto vc se sentir gorda, continuará sendo somente gorda, e nada mais...

digo o seguinte:

separe suas melhores roupas, se ver que é muito pouco, compre tecidos, encontre uma boa costureira e mande fazer, vc não faz ideia de como é barato o trabalho delas, e as roupas SEMPRE irão cair bem, sem humilhações, com exclusividade e MUUUUITO MAIS BARATO!!!

Monte um kit de maquiagens se já ão tiver um, se tiver, compre alguns mimos mesmo assim e NÃO SAIA DE CASA DE JEITO NENHUM SEM PELO MENOS UM BATOM!

cuide bem dos cabelos e das unhas, vc pode ser bela mesmo estando acima do peso, e o truque pra ter bons resultados é aceitar o "material" que vc tem hoje pra moldar e retrabalhar...

falei demais, mas acho que dei a mensagem, isso funciona comigo às mil maravilhas, sinto que além de ser linda eu estou emagrecendo, e não o contrário...

beijocassssss

Ale disse...

Adorei as dicas da Luana. Penso que e por aí... eu acordava e pensava... hoje tenho essa roupa que me vest
e bem... e isso me fazia levantar.
Te desejo toda força!!!!

Anna Williams disse...

Realmente seu post foi muito positivo porque assim as pessoas podem ver que não estão sozinhas. Eu leio muitos blogs de pessoas que estão as vezes com o dobro do peso que deveriam estar e você pode ter certeza que esta consciência que você tem de não deixar o extremo chegar ao extremo (é isso mesmo que eu quis dizer kkkkk). O pior seria se você estivesse com 50 anos e pesando 350 quilos entrevada em um sofá sem poder nem sair de casa. Mas você não vai jamais deixar que nada disto aconteca. A sua maneira de encarar a vida me inspira para continuar priorizando a família e aquilo que realmente importa. A perda de peso é um processo que infelizmente para algumas de nós é longo e doloroso. Ao passo que algumas pessoas perdem 5 quilos em uma semana, outras perdem 5 quilos em 5 meses e assim por diante. A manutencão também é que me deixa nervosa.Eu me entrego ás vezes a alguns prazeres tão efêmeros como : um bife enorme frito... Depois me sinto péssima. Estou torcendo por você e estarei sempre aqui lendo seu blog e aprendendo mais e mais com você. Eu já vi fotos suas e acho você lindíssima de qualquer jeito, mas sei que você vai se sentir melhor pesando menos e vai conseguir isto:-)

Lei disse...

Linda.. alguém já te falou sobre o iodo?
ele ajuda no tratamento da tireóide... tipo assim.. não elimina a medicação.. mas tomar 1 gota de iodo por dia ajuda pra caramba!
A minha tireóide é preguiçosa, e o iodo tem ajuda bastante para fazer a danada trabalhar.. além da atividade física é claro. :o)

Não desanima não!
Sei bem o que vc sente qdo vai comprar roupa.. eu tbm sinto isso... tem que tomar uma grande dose de coragem e cara de pau para enfrentar as vendedoras, senão a gente desaba mesmo!
Mas ainda vamos colocá-las no chão, vc vai ver! :o)

beijos