quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Remédios nunca mais... será?

Olha, nunca pensei que diria isso, mas... remédios nunca mais! Parece brincadeira, mas não vou mesmo poder contar com a ajuda deles para perder peso. Já havia feito uma tentativa com a sibutramina e já contei aqui que a experiência foi catastrófica. Tentei mais uma vez com um velho conhecido, o femproporex, e, acreditem, foi ainda mais catastrófico! Passei o dia inteiro ontem estirada na cama, com dores fortíssimas de cabeça, enjôo, queimação, tremedeiras musculares e taquicardia. Pensei que fosse morrer... Tudo isso pela estética? Não. Não posso fazer isso! Não posso jogar tão alto para conseguir ter 60kg novamente. Preciso cuidar de mim.
Resolvi fazer o que todo mero mortal faz para perder peso. Malhação e dieta. Funciona. Desde os primórdios da humanidade ouvimos que malhação e dieta são as chaves para a perda de peso saudável. E é isso aí. Por mais sacrificante que possa parecer, é esse o caminho. Pelo menos assim posso garantir que vou manter o peso. Porque todo mundo sabe que parando com a medicação o peso volta porque não nos reeducamos para comer direito. Apenas reduzimos nosso apetite com a ajuda do remédio. Comigo é assim há 7 anos. Faço toda a rotina de remédio por um ano, emagreço pra burro, páro com a medicação, como do mesmo jeito que antes e volto a engordar tudo de novo. Tudo no maior efeito sanfona. E está na hora de isso parar.
E parto para um novo recomeço!

7 comentários:

Safi Ana disse...

Isto é que é foda com o femproporex, a gente perde peso mas quando para de tomar engorda de novo. Eu ficava acordada horas e tinha um pouco de palpitacões, era horrível. Realmente não vale a pena se sacrificar deste jeito. Dieta e exercícios são a chave de tudo, mas infelizmente é preciso haver uma disciplina muito grande que pouca gente tem. Eu não tenho disciplina para seguir uma dieta, mas estou de agora em diante tomando as sopas do livro French women don't get fat porque quase tudo leva alho porró e eu adoro! A sopa tomada no meio do dia realmente me ajuda muito a não comer muito no resto do dia.

Lih disse...

Vamos conseguir sem nenhum remédio! Vou reformular a minha alimentação, já estou comendo mais frutas e verduras.

Cris disse...

Vc está certíssima!
Eu já tentei de tudo que vc pode imaginar, como a maioria de nós, para emagrecer, remédios mil, shakes, massagens, passar fome......
Temos é que encontrar esse equilibrio entre alimentação e atividade física, não tem outro caminho, infelizmente. Um ahora vai..
Beijos Cris.

Pucca disse...

força amiga, boa sorte!

Miss Bones disse...

Hummpfff, remédios são uma porcaria. Eu já tomei vários, era doidinha, até que quase morri deitada no banheiro. Agora sou obrigada a tomar remédio pra não surtar. A vida é mesmo muito irônica... Mas enfim, vamos atrás do nosso milagre com dieta e muita malhação !!!!

Abraçoo, ótima semana !!!

Lih disse...

Sumida!!!!!!!

Marcy! disse...

Realmente, tem uns remédios que são uma furada. Já tomei femproporex e realmente, a sensação é ruim. Mas pior ainda é a anfepramona, no meu caso, as sensações eram as mesmas, porém mais intensas. E o peso perdido? Ah esse voltou todo quando parei de toma-las.

Força´, muita malhação pra ti!

Beijos.